Conteúdo - Centro

Dia Nacional do Sistema Braille

Notícia 521 de 08/04/2014

O dia 8 de abril homenageia o brasileiro José Alvares de Azevedo, o patrono da Educação dos Cegos no Brasil por meio do Dia Nacional do Sistema Braille. Nascido em 1834, cego e ávido por conhecimento, foi enviado para Europa aos 10 anos de idade para estudar no Instituto Real dos Jovens Cegos, em Paris.

Seu período de seis anos de estudos coincidiu com o momento em que era testado o revolucionário Sistema Braille. Ao retornar ao Brasil, Azevedo dedicou-se não só a difundir o sistema como à fundação do Imperial Instituto dos Meninos Cegos no Rio de Janeiro.

A Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SNPD-SDH/PR) se alia a este esforço de vida de José Álvares de Azevedo para aprofundar as políticas públicas voltadas para a inclusão das pessoas cegas no Brasil. Um esforço materializado nas ações que também beneficiam todas as pessoas com deficiência, seja no transporte acessível às escolas e Centros Especializados de Reabilitação (CERs), em cada ação de adaptação arquitetônica ou de incentivo pelo desenho universal, pela elaboração de medidas que facilitam a aquisição de equipamentos assistivos e da implantação de salas de recursos multifuncionais nas escolas.

O governo federal, por meio da SDH/PR, por meio do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conade), entidade fundamental que garante a participação da sociedade civil do aprimoramento das políticas públicas de governo, aproveita esta data para lembrar às pessoas cegas de sua parceria nesta luta que é de todos os dias

Assessoria de Comunicação Social